Correção em profundidade no plantio direto

Importância de corrigir o solo em profundidade

A adoção dos sistemas conservacionistas de manejo do solo, principalmente o uso do plantio direto, revolucionou a agricultura no Brasil. Sem dúvida, as vantagens deste sistema de manejo são inúmeras e comprovadas pela pesquisa e prática agrícola.

Com adoção do conceito de não revolvimento dos solos, os corretivos passaram a ser aplicados somente na superfície. A aplicação dos corretivos em superfície cria um gradiente de pH, Al, Ca e Mg no solo em profundidade. Em outras palavras isso quer dizer que pH, concentração de Ca e de Mg são mais elevadas na superfície e mais baixas em profundidade. Já com alumínio ocorre o contrário, sua concentração é menor na superfície, aumentando em profundidade.

Sem dúvida, a produtividade das culturas está muito ligada ao bom desenvolvimento radicular. Isso decorre do fato que com o aumento da profundidade do sistema radicular aumenta o volume de solo que pode ser explorado pela planta. Por isso, plantas com raízes mais profundas estão menos susceptíveis a sofrer com déficit hídrico, pois podem alcançar a água em camadas mais profundas.

Para garantir bom desenvolvimento da raiz em profundidade, a correção do solo no perfil torna-se muito importante. Para isso é necessário aumentar pH, Ca, Mg e diminuir o Al tóxico não somente em superfície, mas também em subsuperfície.

Veja como Fertimacro pode ajudar você a corrigir o solo em profundidade no plantio direto.

Para melhorar a correção do solo em profundidade são usados atualmente várias técnicas e produtos.

Subsolagem é um caminho, porém é muito trabalhoso. Além disso esta técnica altera a estrutura do solo, gasta diesel e age somente no ponto de aplicação.

O uso do gesso também é uma opção. Gessagem ajuda diminuir a toxidez de alumínio e eleva a concentração do cálcio em sub-superfície. Porém o gesso não corrige o solo, ou seja, não aumenta o seu pH.

Fertimacro em doses menores que calcário e gesso leva Ca e Mg para sub-superfície. Também aumenta o pH e é muito mais eficiente na eliminação da toxidez de Al em profundidade do que outros produtos.

Veja nos gráficos abaixo os perfis de solo após aplicação da METADE da dose do Fertimacro em comparação com calcário e gesso realizados na Fundação ABC:

  • Ação sobre alumínio: com METADE da dosagem após 20 meses Fertimacro neutralizou mais Alumínio que gesso ou calcário em profundidade:

 

  • Ação sobre pH: com METADE da dosagem após 20 meses Fertimacro aumentou mais pH que gesso ou calcário em profundidade:

Aumente sua produtividade e seus lucros!

Preencha o formulário abaixo e nós entraremos em contato para sanar todas as duas dúvidas!