ARTIGOS
TÉCNICOS

A importância da nutrição com Ca e Mg na estiagem

O uso de óxido garante o bom desempenho do pasto mesmo em períodos de seca.

O manejo extensivo é predominante na pecuária brasileira. Hoje, mais de 90% do gado do país, é criado no pasto. Por conta disso, nota-se nos últimos anos um grande avanço tecnológico nas áreas de pasto que visa aumento na produtividade. Os pastos naturais vêm sendo substituídos por pastagens plantadas com manejo adequado, o que fez crescer o cuidado e os investimentos na área de pastejo.

No entanto, as mudanças climáticas têm afetado as pastagens e os resultados não estão de acordo com as expectativas. Segundo o Inmet, o ano de 2020 foi um dos piores, em termos de falta de chuva. Este cenário afetou muitos produtores, trazendo aflição e incerteza. O clima instável transformou-se em um problema para a criação de gado.

O que poucos pecuaristas sabem é que, a nutrição adequada com Ca e Mg, alivia stress hídrico e ameniza o dano na pastagem em épocas de pouca chuva.

Vantagens da Nutrição com Ca e Mg

Fornecimento adequado de Ca deixa as paredes celulares e tecidos mais resistentes. Por causa disso, plantas conseguem suportar melhor os estresses causados pela seca, calor e frio. Além disso, na pastagem, a falta de Ca provoca baixa rebrota, diminui perfilhamento e crescimento das raízes.

O Mg faz parte da clorofila e participa do transporte de carboidratos. Por isso, a adubação com Mg aumenta a produção, transporte e o acúmulo das reservas energéticas da planta. A planta com maiores reservas resiste melhor ao calor e seca.

Como nutrir o pasto com Ca e Mg?

A maioria logo opta pelo calcário. Porém, este insumo apresenta muitos problemas e pouca eficácia. O calcário necessita de, no mínimo, 3 meses para começar a reagir. Requer aplicações bastante antecipadas para a adubação de NPK. Além disso, calcário precisa de condições ótimas de umidade, pelo menos 100 mm de chuva após a aplicação, para que a reação comece. Por isso, não há possibilidade de nutrir o pasto com Ca e Mg, aplicando calcário em épocas de estiagem.

Qual a melhor fonte de Ca e Mg?

Para fornecimento rápido e eficiente o ideal é o manejo com óxidos. Óxido de Ca e Mg não é calcário, são quimicamente diferentes. O óxido reage muito mais rápido, em cerca de algumas semanas, pois precisa de pouca umidade para reagir no solo. Por isso, são muito mais eficientes na pastagem mesmo em épocas com pouca precipitação.

Fertimacro é um óxido de Ca e Mg. Diferente do calcário entrega muito mais resultados. Confira a ação do Fertimacro num período de estiagem. Aplicação feita na pastagem estabelecida na cidade de Colorado, no Paraná. Foram usados 300kg/ha de Fertimacro + 2,5 ton/ha de cama de frango na brachiaria brizantha de 4 anos.

Foto 1: Dia da Aplicação. Fertimacro 300 kg/ha

O ano de 2020 foi muito seco. Por isso, como havia severa falta de oferta de pasto nos outros piquetes, o primeiro pastejo na área aconteceu em apenas 15 dias após a aplicação. As fotos abaixo mostram a situação da área após esse período e somente 15mm de chuva. Apesar de chuva escassa, percebe-se claramente que o pasto rapidamente respondeu à aplicação do Fertimacro.

Foto 2: 15 dias após a aplicação, apenas 15 mm de chuva entre a aplicação e a liberação da área para pastejo

O período de pastejo na área foi satisfatório (20 dias). Em seguida, a área foi submetida a um descanso de 40 dias. As fotos abaixo mostram que a área perfilhou rapidamente e está apta novamente para receber o segundo pastejo.

Foto 3: da área em condições de receber o segundo Pastejo (40 dias de descanso) após a retirada dos animais do 1º pastejo

Fertimacro tem rápida reação e menor necessidade de chuvas. Por isso garante uma janela de aplicação muito mais ampla, quando comparada ao calcário. A alta reatividade dos óxidos é o principal fator. O óxido apresenta menor dependência das condições climáticas, porque precisa de pouca umidade no solo para reagir. Por isso ainda dá tempo de você fazer o manejo do seu pasto com óxidos.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.

BAIXE GRATUITAMENTE O RELATÓRIO TÉCNICO

Preencha o formulário abaixo e receba o relatório completo, em seu email.